quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O que é que faz um homem nu?

Pergunto-me a mim próprio como é que cada português que ainda tenciona votar num partido da esfera do poder, um qualquer, seja o PS, o PSD ou o CDS,  reagiria perante um assalto. Confrontado numa esquina qualquer duma cidade com um homem armado, pediria ao assaltante para baixar a arma e entregaria a carteira e a roupa de boa vontade. Só pode.

- Baixe lá a arma, homem! Leve tudo o que eu tenho e tudo o que eu hei-de ter. Eu cá me safo. Com fome  e frio, é certo, mas cá me safo.

O que é que faz um homem nu? O que é que faz um homem a quem, depois de anos a viver no limite, disseram que tem uma dívida enorme porque viveu acima das suas possibilidades? Diz que sim a tudo? Talvez sim, talvez não.
O que é que faz um homem nu? Chama a si a dívida que foi o roubo do BPN? Chama a si a dívida dos juros especulativos da Troika? Não come e cala?
O que é que quer um homem nu? E eu que pensava que queria vestir-se. Sair por aí e comer qualquer coisa. E eu que pensava que queria trabalhar, estudar, ouvir um disco, ir ao teatro. Enganei-me?


terça-feira, 16 de outubro de 2012