sábado, 15 de setembro de 2012

a maior manifestação desde o 25 de Abril

Estiveram hoje em Aveiro, números da polícia, dez mil pessoas na manifestação em Aveiro contra a Troika e o Governo, naquela que foi a maior manifestação nacional desde o 25 de Abril. No país todo, aliás, com grande concentração em Lisboa e no Porto, cerca de um milhão de pessoas saiu à rua.
O Governo não caiu, mas aquilo que defende sim. A população não se revê na linha política do país e só falta saber se Passos Coelho, Vítor Gaspar, Paulo Portas e restante bando fazem parte dum Governo nacional, preocupado em servir a população, ou se vão continuar a desempenhar o seu papel de fantoches da Troika.
A pergunta que eu faço é muito simples: numa Democracia conta a voz das pessoas ou conta a voz do FMI? Por agora é só isto...

2 comentários:

memyselfandi disse...

Em Faro a adesão também foi marcante e significativa! A voz das pessoas TEM de contar, porque são as PESSOAS que contam!

Bagaço Amarelo disse...

memyselfandi, o país inteiro saiu à rua, de norte a sul. Em Marco de Canavezes estavam mil e quinhentas pessoas. :)