terça-feira, 19 de outubro de 2010

15 medidas para salvar o país da recessão...

1ª medida: redução imediata da despesa, cortando em grandes agregados, 2350 milhões.

2ª medida: eliminação de despesa fiscal injustificada, 1631 milhões.

3ª medida: acabar com as fugas consentidas ao fisco,1050 milhões.

4ª medida: aumento da receita fiscal, 2025 milhões.

5ª medida: Imposto Único sobre o Património, tendo como objectivo o acréscimo de 600 milhões sobre as receitas fiscais actuais.

6ª medida: transparência e equidade fiscal, para aumentar a receita combatendo a fuga aos impostos, 700 milhões.

7ª medida: reduzir radicalmente a despesa em juros da dívida externa e amortecer a dívida, 180 milhões.

8º medida: recuperar o Estado social e promover o investimento para o emprego.

9ª medida: relançar o Serviço Nacional de Saúde.

10ª medida: Contas certas.

11ª medida: Contas sustentáveis.

12ª medida: Diminuir a dependência externa com o aumento da produção agrícola para substituição de importações.

13ª medida: redução da importação energética e alteração do padrão do consumo energético.

14ª medida: política activa de crédito à economia.

15ª medida: proteger o país da especulação.

explicação e aprofundamento de todas as medidas aqui, no esquerda.net, em formato pdf.